sábado, 25 de março de 2017

Polícia Civil prende suspeitos de participarem de facção criminosa acusada de vários crimes em Apodi

MOSSORÓ HOJE
A Polícia Civil de Apodi prendeu nesta quinta-feira (23), seis criminosos suspeitos de aterrorizarem a cidade praticando crimes de roubos e até uma tentativa de homicídio no início dessa semana.
Entre os presos está Jeová Júlio Cavalcante Moura, de 23 anos, que é foragido da Penitenciária de Pau dos Ferros. Integrante da facção criminosa Primeiro Comando da Capital (PCC), Jeová liderava o grupo. 
Além de responder por crime de roubo, Jeová Júlio é apontado como autor da tentativa de homicídio contra o adolescente na última terça-feira (21) na cidade. 
Segundo o delegado Renato Oliveira, titular da DP de Apodi e responsável pela Divpoe, Jeová tentou matar o adolescente para vingar uma tentativa de homicídio contra Marcos Matheus de Oliveira Moreira, também integrante do PCC, que foi preso nesta quinta (23). 
"O adolescente teria tentado matar um integrante do PCC, e ele (Jeová) tentou matar o adolescente por isso", explicou.
Renato Oliveira explicou que Jeová Júlio recebeu R$ 1,2 mil e drogas para matar o adolescente. "Briga de facção", ressaltou o delegado sobre o crime contra o adolescente. 
Além de Jeová e Marcos Matheus, foram presos Francisco Ferreira de Lima, Crismeriane de Oliveira Melo, Lidiane Karla de Oliveira Lima e Johnatan Vinícius Maia de Oliveira. 
Jeová, Johnatan Vinícius e Marcos Matheus foram autuados por tentativa de homicídio e o restante por associação criminosa.

PM APREENDE DROGA NA TARDE DESSE SÁBADO EM CURRAIS NOVOS

J JÚNIOR / ADAILSON CARLOS
Na tarde desse Sábado (25/03) Policiais Militares retornavam de uma missão quando cruzaram com um veículo Chevette na BR-226, trecho estadual a cerca de 05 Km de Currais Novos sentido São Vicente,  em atitude suspeita e resolveram abordá-los.
No veículo estavam 04 jovens e com um deles foi apreendido maconha, crack e cocaína. Diante do flagrante os Policiais conduziram o jovem até sua residência e lá foi apreendido mais entorpecentes, uma balança de precisão e aparelhos celulares sem nota fiscal, possivelmente trocado por droga.
Os 04 suspeitos foram encaminhados a Caicó e um deles identificado como MIROSMAR SABINO DOS SANTOS, 18 ANOS, natural de Currais Novos, assumiu ser o dono do entorpecente e disse que os outros não sabiam, porém a polícia não acredita nessa versão e eles serão investigados.
O quarteto disse que iria a cidade de São Vicente para a festa de um amigo.

Os outros três detidos foram identificados como; Anderson Eloi de Oliveira, 27 anos, Emerson Carlos da Silva,19 anos e Marcelo da Cruz da Silva, 27 anos, todos residentes em Currais Novos.

sábado, 25 de março de 2017

TENTATIVA DE HOMICÍDIO FOI REGISTRADA CURRAIS NOVOS

J JÚNIOR / ADAILSON CARLOS
Na tarde desse Sábado (25/03) por volta das 17h45min uma tentativa de homicídio foi registrada em Currais Novos onde o ex-presidiário identificado a princípio como VELA desferiu cutiladas de arma branca contra a pessoa identificada como JOSÉ ABEL.
A vítima foi encaminhada para o Hospital Regional Mariano Coelho onde se recupera bem. A princípio não corre risco de morte.

Nesse momento as guarnições seguem a procura do acusado que é velho conhecido da Polícia com inúmeras passagens pela delegacia.
Nenhum comentário:

sábado, 18 de fevereiro de 2017

Diretores de Alcaçuz são exonerados 1 mês após matança de presos

19/01 - Presos são vistos durante um confronto de facções na penitenciária de Alcaçuz, perto de Natal, no Rio Grande do Norte (Foto: Josemar Gonçalves/Reuters)
G1/RN
Os diretores do presídio Rogério Coutinho Madruga, conhecido como pavilhão cinco de Alcaçuz, foram exonerados nesta quinta-feira (16). A exoneração acontece um mês após a maior e mais violenta rebelião da história do sistema prisional potiguar. Em janeiro, pelo menos 26 detentos foram mortos. Destes, 15 foram decapitados. A matança aconteceu durante uma briga envolvendo duas facções criminosas que dominam as unidades prisionais do estado.
Ivis Ferreira, o diretor,  e Rubian Rocha, vice, serão substituídos pelos agentes Francisco Giovanny e Hudson Luiz da Silva. O Pavilhão 5 de Alcaçuz, oficialmente chamado de Presídio Estadual Rogério Coutinho Madruga, deverá ser desativado juntamente com todo o complexo prisional de Alcaçuz, conforme anunciado pelo Governo do RN. Esse pavilhão, inaugurado em dezembro de 2010, custou cerca de R$ 11 milhões aos cofres públicos e foi construído seguindo modelo americano de segurança.
No dia 14 de janeiro deste ano presos de uma facção criminosa conseguiram sair do Pavilhão 5 e mataram pelo menos 26 de uma facção inimiga que ficavam em outro Pavilhão, dando início a toda a crise vista em Alcaçuz nas últimas duas semanas.
Durante esse período, os presos ficaram soltos dentro dos pavilhões e o resultado foi uma grande depredação das estruturas. No próprio Pavilhão 5 paredes foram quebradas e portas das celas foram arrancadas pelos presos. Após a retomada de controle na unidade, um muro de concreto está sendo erguido para separar os detentos das facções rivais.
Desativação de Alcaçuz
Em janeiro, o governo informou, por meio das redes sociais, o valor que será aplicado na colocação de contêineres, construção do muro de concreto e concretagem do perímetro externo de Alcaçuz. Mas o Ministério Público do Rio Grande do Norte contestou as motivações e deu prazo de 15 dias para que o governador Robinson Faria (PSD) explique o motivo de ter anunciado o fechamento.
"Risco iminente"
Uma série de documentos assinados pela diretoria da Penitenciária Estadual de Alcaçuz mostra que a Secretaria de Justiça e Cidadania havia sido informada sobre “o risco iminente de uma rebelião” na unidade. A direção da unidade alertou a Sejuc sobre os riscos de uma fuga em massa, rivalidade entre facções, invasões, mortes e a presença de explosivos e armas de fogo. “Queremos evitar um caos”, diz um dos documentos.
Três dias antes do massacre, o memorando de número 014/2017, cujo o assunto era “Solicitação de reforço e volta a alertar para ameaças de invasão, com riscos de mortes”, contava sobre falta de armamento dos agentes. A direção dizia só ter 35 munições de pistola calibre 40, além de precisar de unidades das próprias pistolas.
Dois dias depois do envio deste, estourou a maior rebelião da história do Rio Grande do Norte. Vinte e seis presos foram mortos, alguns deles decapitados. O descontrole transpassou os muros da Penitenciária de Alcaçuz e chegou às ruas. Ataques a unidades policiais, a ônibus e roubos foram registrados. Além dos mortos, houve ainda mais de 50 apenados que escaparam durante o motim.
“Em poucos minutos o cenário de guerra já havia se instalado na Penitenciária de Alcaçuz. O quebra-quebra era generalizado”, consta no relatório. Na sindicância, a comissão argumenta ainda que as causas do motim do dia 14 de janeiro são mais profundas e tiveram início nas rebeliões registradas ainda em 2015 quando houve depredação em 14 unidades.

Complicado o estado de saúde do caicoense baleado nessa madrugada

000aa0a00
JAIR SAMPAIO
Por volta de 00h 30min desta sexta-feira (17)), foi registrado uma tentativa de homicídio na rua dos Ciganos no Bairro Boa Passagem, zona norte de Caicó.
Dois indivíduos em uma moto e armados de pistola, efetuaram cerca de 9 disparos contra o  jovem conhecido por "Arthuzinho", cerca de 4 disparos  atingiram o jovem que caiu em via pública. 
A vítima foi socorrida para o Hospital Regional do Seridó, atendido na urgência e foi encaminhado para centro cirúrgico do regional. O seu estado de saúde é aparentemente grave.
Por Isaac - Plantão Caicó


Grupo tenta assaltar três carros-fortes em Caldas Brandão, no Agreste da PB

Dez criminosos tentaram assaltar três carros-fortes em Caldas Brandão, na Paraíba (Foto: Reprodução/TV Paraíba)
G1/PB
Dez homens tentaram assaltar três carros-forte nesta sexta-feira (17) no km 90 da BR-230, nas imediações do município de Caldas Brandão, no Agreste paraibano. De acordo com informações repassadas pela Polícia Rodoviária Federal (PRF), os criminosos estavam armados, houve troca de tiros, pelo menos dois dos veículos foram explodidos.
Ainda conforme a PRF, o crime aconteceu por volta das 10h (horário local). Os homens estavam em quatro carros, sendo duas caminhonetes Hilux e dois veículos não identificados.
Eles planejavam interceptar os carros fortes,  mas uma viatura da PRF estava próxima ao local e impediu ação dos criminosos. Houve troca de tiros, mas nenhum policial  ficou ferido.
Os homens conseguiram fugir e seguiram na direção do município de Campina Grande. A Polícia Militar e a Polícia Civil foram acionadas. Até as 11h, não houve prisões.



chuvas na regiao

feira

JAIR SAMPAIO
A notícia que todos esperavam aconteceu na noite de ontem, 17. Muita chuva em Caicó e na zona rural, em algumas comunidades a pluviometria foi generosa e passou dos 100 milímetros.
Bairro Samanaú  (Caicó) – 80 mm
Sítio Manhoso ( Caicó) – 10 mm
Bairro Walfredo Gurgel (Caicó) – 116 – mm
Bairro Barra Nova (Caicó) – 85 mm
Sitio Laranjeiras (São Fernando) – 105 mm
Bairro Paulo VI (Caicó) – 81 mm
Sítio Barra da Espingarda – 60 mm
Bairro Santa Costa (Caicó) – 75 mm
Bairro Castelo Branco (Caicó) – 98 mm
Sítio Barra da Espingarda (Caicó) – 60 mm
Sítio Carrapateira (Caicó) – 65 mm
Brasil gás (Caicó) – 98 mm
Sítio Riachão ( Jucurutu) – 68 mm
Sítio Várzea redonda – 75 mm
Distrito Palma (Caicó) – 87 mm
Sítio Mulunguzinho (Caicó) – 110 mm
Sítio Bela Flor – 69 mm
Sítio Juá (Caicó) – 120 mm
Sítio Riacho (Caicó) – 103 mm
Sítio Piató (Caicó) – 150 mm
Sítio Oiticica em Tirrí ( Caicó) – 180 mm
Sítio Campos (Caicó) – 120 mm 
Bairro Canutos e Filhos (Caicó) – 123 mm
Sítio Inharé (Caicó) – 129 mm
Bairro Alto da boa vista ( volta do campo) – 180



segunda-feira, 13 de fevereiro de 2017

Polícia Civil indicia suspeito de ter participado do latrocínio contra empresário seridoense no conjunto Cidade Satélite

NOMINUTO
Uma investigação conduzida pela Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) descobriu que um homem preso pela Polícia Militar, no último domingo (05), era a pessoa suspeita de ter dirigido o carro onde estavam os executores pela morte do empresário José Rosemberg Saldanha, 55 anos, assassinado no dia 29 de novembro de 2016, no conjunto Cidade Satélite, Zona Sul de Natal. Francisco Cledemilson do Nascimento Macedo, 36 anos, foi preso em flagrante, no domingo após a realização de um roubo e havia apresentado o nome falso de Marcos Antônio Pinheiro Machado.

Durante o seu interrogatório ele confessou que era o homem que dirigia o carro modelo Fluence, no qual estava mais dois comparsas. “Francisco Cledemilson foi autuado pelos crimes de latrocínio, associação criminosa e corrupção de menor”, afirmou o delegado Ernani Júnior, da DHPP.
O crime – De acordo com as investigações, três homens estavam em um carro modelo Fluence e “trancaram” o veículo do empresário, que estava saindo com a esposa de um condomínio no bairro Cidade Satélite. Dois homens teriam saído do carro e praticado o latrocínio, o terceiro homem que ficou no carro é Francisco Cledemilson. Um adolescente de 16, que também participou do crime, já havia sido apreendido no dia 29 de dezembro do ano passado.

Jovem foi preso transportando droga de Assu para Mossoró

FOCOELHO
Na tarde de hoje 10 de fevereiro, o serviço de Inteligência do CDP de Assu, recebeu uma informação onde um suposto foragido da justiça estaria transportando Drogas de Assu para Mossoró.
Os agentes saíram em perseguição e prenderam o suspeito já próximo da entrada de Mossoró.
O elemento foi identificado como Renê Jeferson Alves da Silva, 23 anos natural e residente na cidade de Mossoró, que segundo a polícia, é membro de uma facção criminosa.
Mais um excelente trabalho dos agentes do CDP de Assu.

Polícia Rodoviária Estadual de Trânsito realiza operação pré-carnaval em Currais Novos


ADAILSON CARLOS / J JÚNIOR
A Polícia Rodoviária Estadual de Trânsito realizou nessa sexta-feira (10/02) em Currais Novos uma operação pré-carnaval nas rodovias estaduais e avenidas que cruzam nosso município.
Na RN-041 foram abordados 45 carros de passeio, 26 motocicletas e 02 caminhões. Foi confeccionado: 20 autos, 04 apreensões, 02 CNH recolhidos e 02 CRLV recolhidas.
Na avenida Cândido Dantas foram fiscalizados 25 carros e 76 motocicletas. Foi confeccionado 32 autos, 07 apreensões, 02 CNH recolhidos e 02 CRLV recolhidas.
Outras barreiras foram montadas em locais estratégicos.
Resultado final  164 veículos fiscalizados.
Participaram da operação: 2º GPRE, GTOR Caicó e 3ª CIPM, sob o Comando do Tenente Nascimento, comandante do 2º GPRE.


Polícia Militar “age rápido” e prende dupla praticando assalto a mão armada em Caicó

cid_pitombo_2170130_113752
JAIR SAMPAIO
Dois jovens caicoenses, vendedores de redes, tentaram assaltar um ourives (trabalha com peças em ouro) na área central da cidade, próximo ao mercado público, quando foram surpreendidos por uma guarnição de Polícia Militar que fazia rondas extensivas na feira livre.
"Estávamos todos rendidos, era eu, minha esposa e clientes. São agressivos. Um deles ficou do lado de fora quando viu que tudo estava sob o controle deles. Mas graças a Deus, nem sei como eles chegaram, três policiais deram voz de prisão à dupla. Foi Deus", disse a vítima.
Ao blog Jair Sampaio, o Sargento Araújo, que comanda o serviço do 6º BPM hoje, disse que sua viatura dava apoio aos feirantes quando passou na frente da loja do ourives e perceberam uma movimentação estranha, logo trataram de segurar o primeiro suspeito que estava na porta.
Os dois suspeitos estavam na posse de um revólver cal. 22 e foram presos em flagrante, trata-se de JOSÉ ALISON DA SILVA BORGES PEREIRA, 20 anos de idade, e seu primo, GEOVANE DA SILVA SANTOS, 18 anos de idade. A dupla disse ao blog que reside no bairro Walfredo Gurgel.
A mãe de Geovane foi à delegacia e disse ter ficado surpresa com a prisão do filho e o do sobrinho. "Eu sempre avisei a eles, meu filho, não ande com quem não presta, também avisei ao meu sobrinho Alison, ora, a mãe dele já tem depressão, e sabendo de uma coisa dessas?", disse.

sábado, 11 de fevereiro de 2017

DHPP realiza operação e prende seis pessoas na Favela do Mosquito

10-02-2017-material-apreendido42
10.02.2017 MATERIAL APREENDIDO(43).jpeg
FOCOELHO
Uma operação realizada pela Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), com o apoio da Força Tática do 9º Batalhão e do 4º Batalhão de Polícia Militar, prendeu em flagrante, na madrugada desta sexta-feira (10) na Favela do Mosquito, seis homens, sendo três foragidos da Penitenciária Estadual de Alcaçuz, dois presos por mandado de prisão em aberto e um em flagrante.
Durante a ação, ocorrida na Zona Oeste da capital, os policiais apreenderam drogas, balanças de precisão, aparatos relacionados ao tráfico de drogas, anotações contendo entrada e movimentação de munições e armas, uma pistola calibre 9 milímetros, vários celulares, documento falso, e uma motocicleta Honda Fan 125 roubada.
Dentre os presos na operação, três eram foragidos do pavilhão 05 de Alcaçuz, onde teriam fugido por um túnel no dia 14 de janeiro durante uma rebelião no presídio, sendo eles: Aleff Marrone da Silva Correa, 23 anos, preso por homicídio e já condenado por assalto; Natécio de Lima, preso por assalto; e Shakespeare Costa de França, 24 anos, preso por porte ilegal de arma de fogo de uso restrito e já condenado por assalto. Dois dos presos estavam com mandado de prisão em aberto, sendo: Aurélio Nascimento da Silva, 25 anos, encontrado com um documento de identidade falso e um caderno com anotações de movimentação de munições; e Gilton Amaro Barbosa Júnior, 22 anos, integrante da facção criminosa Primeiro Comando da Capital, preso por assalto. Cléiverson Wilson da Silva, 18 anos, foi preso em flagrante pelo crime de tráfico de drogas.
Em coletiva realizada nesta sexta-feira, o diretor da DHPP, Ben-Hur Medeiros, o delegado, Ernani Júnior, e o delegado geral adjunto da Polícia Civil, Correia Júnior, detalharam a operação. “Através da operação realizada hoje, a qual contou com a participação de 16 policiais civis e 20 policiais militares, conseguimos desmembrar mais um grupo criminoso. Durante a ação, encontramos uma pistola 9 milímetros com o ‘Shake’, que confessou ser foragido de Alcaçuz, sendo ele autuado também por porte ilegal de arma de fogo uso restrito. Dentre o material apreendido, encontramos uma motocicleta apreendida, que foi tomada de assalto ontem a tarde. Nessa organização criminosa havia também uma pessoa, conhecida como ‘contador’ ou ‘anotador’, a qual era responsável por todo o controle do armamento e da munição que entrava e saía do local”, detalha o delegado da DHPP, Ernani Júnior.
Segundo o delegado geral adjunto da Polícia Civil, Correia Júnior, equipes de polícias civis e militares estão trabalhando para recapturar os foragidos da última rebelião ocorrida no presídio de Alcaçuz. “Na madrugada de hoje, a Polícia Civil, juntamente com a Polícia Militar, apreendeu uma vasta quantidade de material ilícito com esses seis homens, entre eles alguns fugitivos, sendo todos autuados pelo crime de associação criminosa. Desde a situação ocorrida no sistema prisional de Alcaçuz, os policiais estão trabalhando com afinco para recapturar todos os foragidos, e a operação realizada nesta sexta-feira é mais um reflexo desse trabalho”, destaca o delegado geral adjunto, Correia Júnior.

Salário-base da PM do Espírito Santo é o menor do país e do RN é um dos piores

G1
O salário de um policial militar no início de carreira pode variar de R$ 2.646 a R$ 6.500 no Brasil. É o que mostra um levantamento feito por jornalistas do G1 em todos os estados e no DF. Os dados, fornecidos pelos governos, levam em conta o salário-base da categoria mais as gratificações incorporadas a ele, ou seja, comuns a todos os soldados do estado. As vantagens variáveis, que podem ou não ser concedidas, não entram na conta.
O Espírito Santo, que vive uma crise na segurança pública em razão da ausência de PMs nas ruas, possui o pior salário de um soldado do Brasil. Mulheres de policiais fazem bloqueios nas portas de batalhões desde o dia 3 reclamando justamente dos baixos salários e das condições de trabalho. 
O cabo Wilson Morais, presidente do Conselho Deliberativo da Associação Nacional de Policiais Militares e Bombeiros Militares do Brasil, diz que a crise se dá por um estado de necessidade da família do policial. “Nós, policiais, somos proibidos [de fazer greve], mas o estado de necessidade, a fome e a barriga dos familiares fala mais alto. Já que não podemos, nossos familiares podem.”
O salário de um soldado em início de carreira no Espírito Santo é de R$ 2.646,12. O governo diz, no entanto, que há uma remuneração extra paga a todos os soldados e que o salário-base, na prática, é de R$ 3.052,06. Segundo o estado, apesar de não estar incorporado ao salário, o valor da escala extra é pago a todos os policiais porque todos fazem hora extra. A associação de cabos e soldados do estado nega que todos façam hora extra. "A grande maioria realmente faz essas escalas de 18 horas para poder ganhar mais. Mas não são todos. Se o estado diz que paga para todo mundo, por que quando as mulheres pediram que esse valor fosse incorporado ao salário o governo negou?", questiona Thiago Bicalho, diretor da associação.
Em entrevista à Miriam Leitão, o governador Paulo Hartung disse que o salário de PMs é o "10º na escala de salários". "Tem a ver com nosso tamanho, tem a ver com a nossa economia. E é um salário que está sendo pago em dia", disse. Segundo o governo, uma tabela baseada em dados da Pnad de 2015 mostra que o piso capixaba é o 10º maior entre os 26 estados e o Distrito Federal.
O que mostra o levantamento e o que diz o governo:
O ES tem o pior salário de um soldado em início de carreira na PM: R$ 2.646,12
O governo diz que paga uma remuneração extra que faz o salário chegar a R$ 3.052,06 e que uma tabela baseada na Pnad 2015 coloca o estado na 10ª posição
Além dos dados fornecidos pelos governos, a equipe de reportagem também solicitou os valores para as associações de cabos e soldados. Em quase todos os estados, os valores passados foram exatamente os mesmos.
O Distrito Federal é o que paga melhor. Além do soldo de R$ 706, todo policial militar, não importa a patente, recebe um adicional de posto ou graduação (de 50% a 80%), um adicional de certificação profissional (de 10% a 30%), um adicional por tempo de serviço (1% por ano), auxílio-moradia (de R$ 11,58 a R$ 143,91), entre outros. Isso faz com que o salário de um soldado 1ª classe seja de no mínimo R$ 6.500.
Para Wilson Morais, a discrepância salarial é “absurda”. “Defendemos um teto salarial igual para todos os policiais. O risco do policial em diferentes em estados é o mesmo. Não devia haver diferenças. A vida do policial, independente do estado, é que está em jogo.”
“O grito maior dos policiais hoje é em relação à questão salarial e às condições de trabalho. Um policial, às vezes, chega a trabalhar 24h por dia. Há um déficit de armas, coletes vencidos, armas obsoletas que estão dando problema. Hoje a polícia está sucateada. Enquanto os assaltantes usam fuzis, estamos usando .40, calibre 12”, afirma.
Levantamento do G1 mostra que em alguns estados há uma defasagem de anos. Rio de Janeiro e Tocantins, por exemplo, deram os últimos aumentos em 2013. Estados como Amapá e Sergipe não concedem reajuste desde 2014.
Gratificações
Em alguns estados, além das gratificações fixas, há várias outras vantagens, que dependem de uma série de fatores. Em Roraima, por exemplo, o PM tem uma porcentagem de aumento sobre o subsídio quando é destacado para outros municípios (6% para cidades até 100 km da capital, 9% de 101 km até 200 km e 12% para mais de 200 km) e recebe, entre outras coisas, auxílio funeral.
No Ceará, as bonificações podem até dobrar a remuneração inicial. Há gratificação por meta de redução de violência, gratificação por apreensão de armas, além de horas extras e diárias.

TARDE ABENÇOADA: Currais Novos registra a primeira grande chuva de 2017; veja as fotos

JEAN SOUZA
Uma tarde de sábado para ficar na lembrança dos curraisnovenses. É que a chuva resolveu aparecer, não tão forte, mas já enchendo de alegria a população.
A chuva deste sábado, a maior do ano, foi de 30 milímetros.
Na última medição feita pela CAERN no Açude Dourado, em janeiro, o mesmo encontra-se com pouco mais de 15% de sua capacidade. O Dourado é o único reservatório que abastece Currais Novos.
A tarde permanece nublada e com trovões.

Chuva que chegou a 100 milímetros causa alagamentos em Caicó

JAIR SAMPAIO
Iniciada com uma torreada de ventos, a chuva chegou cedo na tarde desse sábado na cidade de Caicó, por volta das 19:00 horas, houve uma intensificação e a chuva veio mais fortemente, já por volta das 20:00 horas, muitas ruas da zona oeste apresentavam retenção no fluxo veicular devido o alagamento.
O bairro Walfredo Gurgel, segundo um funcionário da prefeitura, registrou chuva de mais de 100 milímetros. O bairro Barra Nova, também na zona oeste, chegou a registrar cerca de 90 milímetros de chuva e um fluxo lento de quem saía do Hospital Regional do Seridó para iniciar na BR-427, Centro.
Bairro Vila altiva - 87 mm Bairro João XXIII - 85 mm Bairro Boa Passagem - 58 mm Bairro Barra Nova - 90 mm Bairro Walfredo Gurgel - 100 mm Bairro Maynard - 85 mm Sítio Manhoso - 60 mm Bairro Acampamento - 80 mm.


Chuva em Acarí chegou a 145 milímetros

NELDER MEDEIROS
Na noite deste sábado (11), a esperança renasceu mais uma vez para os Acarienses após uma forte chuva. No bairro Ari de Pinho o pluviômetro marcou 122 milímetros, no Dinarte Mariz chegou aos 145 mm.
O açude localizado na Fazendinha Eldorado, que tem como proprietário Gilson Bezerra atingiu seu nível máximo e transbordou.

Oito policiais militares passam mal após o jantar em Alcaçuz

PORTAL BO
Oito policiais militares lotados na companhia de guarda de presídios passaram mal após ingerir alimentos durante o jantar na noite deste sábado (11), no presídio Estadual de Alcaçuz. As vítimas foram socorridas para a unidade básica de saúde de Pirangi onde foram submetidos a procedimentos de desintoxicação.
De acordo com o presidente da Associação dos Cabos e Soldados do Rio Grande do Norte, Roberto Campos essa não é a primeira vez que acontece problemas com a alimentação dos policiais em unidades prisionais. "Nunca houve preocupação por parte dos gestores responsáveis com a alimentação dos policiais em serviço. O café da manhã, o almoço e o jantar são feitos pelos próprios presos o que se torna sempre um risco iminente", declarou.
Após o ocorrido todos os policiais que passaram mal foram socorridos e medicados porém deverão ficar em observação durante o tempo determinado pela orientação médica.

Divisão de homicidios prende mulher suspeita de assassinato no bairro Lagoa Nova

PORTAL BO
Uma equipe de policiais civis da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), com o apoio da Polícia Militar de Nísia Floresta, prendeu, nesta sexta-feira (10), Flávia da Silva Dantas, suspeita de participar do homicídio de Diogo Everton de Oliveira, ocorrido no dia 17 de outubro de 2016 no bairro de Lagoa Nova.
A prisão foi realizada em cumprimento de mandado de prisão temporária expedido pela 3ª Vara Criminal de Natal. No crime, Flávia e seu companheiro, Pedro Barbosa da Silva, estariam no mesmo veículo utilizado pelo sobrinho de Pedro, Douglas William Barbosa da Rocha, para o cometimento do assassinato que vitimou Diogo com disparos de arma de fogo.
Segundo investigações, o companheiro de Flávia e tio de Douglas teria fornecido a arma do crime para o autor do homicídio. A motivação para o cometimento do mesmo teria sido uma discussão ocorrida durante uma festa na noite anterior do assassinato, sendo Diogo confundido com o alvo do trio, Janielson, que emprestou a sua moto e capacete para a vítima. Em desfavor do trio, foi expedido um mandado de prisão temporária, sendo Douglas indiciado por homicídio qualificado, o qual também responderá a mulher, além de abandono de incapaz, sendo ela foragida também pelo crime de tráfico de drogas. Pedro também foi indiciado por organização criminosa, pois é integrante da facção criminosa Primeiro Comando da Capital (PCC). O trio foi indiciado pela DHPP no dia 30 de janeiro.
Atualmente, Pedro está preso no pavilhão 05 de Alcaçuz, e o seu sobrinho, Douglas, foragido. Flávia foi presa e encaminhada ao sistema prisional, onde ficará à disposição da Justiça.

PM prende acusados de tráfico de drogas e posse ilegal de arma de fogo em Parelhas

Whatsaap
A guarnição de rádio patrulha de parelhas com o apoio do Grupo Tático Operacional (GTO) prenderam neste domingo (12/02), seis pessoas acusadas de porte ilegal de arma de fogo e tráfico de drogas.
A PM chegou até os acusados após desconfiar da atitude dos ocupantes de um celta branco com placas de carnaúba dos Dantas, ao realizar a abordagem os policiais encontraram crack, maconha e cocaína, além da quantia de R$-553,55.
Os ocupantes ainda jogaram um revólver calibre 32 durante a fuga, porem os policiais perceberam e também apreenderam a arma e três munições intactas.
Os presos são:
Bruno Medeiros (sem camisa)
Rodrigo Duarte silva (camisa branca)
Lucas Regis Silva (camisa preta)
Myrela Samyli da Silva (blusa amarela)
Jessica Luiza Dantas (blusa preta)
Maciely Oliveira Silva (blusa preta com bolinhas).
Todos foram encaminhados até a delegacia de Polícia de Caicó para os procedimentos de praxe.


domingo, 12 de fevereiro de 2017

PM prende acusado de tráfico de drogas em Currais Novos

Fonte: Blog PM de Currais Novos: Por volta das 21 horas desse Domingo (12/02) a Polícia Militar fazia uma barreira de rotina na BR-226, perímetro urbano de Currais Novos, quando um passageiro que seguia em um alternativo avisou a Polícia que um homem que seguia no mesmo transporte, ao ver as viaturas, teria pedido parada e descido antes da chegada a cidade.
Rapidamente uma das guarnições foi ao encontro do suspeito e no local informado pelo o passageiro ele foi encontrado e abordado. Com o mesmo foi apreendido 92 gramas de cocaína, 70 gramas de maconha e 27 gramas de crack.
O homem foi identificado como RICARDO HENRIQUE DE LIMA LOPES, 40 anos, residente em Currais Novos.
O acusado foi conduzido à delegacia e durante uma nova revista foi encontrado outra pedra de crack de aproximadamente 100 gramas escondida nas vestimentas íntimas.
A Polícia Militar tem intensificado o patrulhamento e tem realizado blitz e abordagens a pedestres e carros suspeitos visando apreender armas e drogas aqui no município. O resultado está aí com várias apreensões.
Parabéns aos guerreiros que participaram da ocorrência.

quinta-feira, 29 de dezembro de 2016

Mototaxista é atingido a tiros e morre no local de trabalho em Caicó


JAIR SAMPAIO
A Polícia Militar e o SAMU foram acionados por volta das 17:40 horas dessa terça feira, 28 de dezembro, na rua Celso Dantas, centro de Caicó, para isolar área de crime e prestar socorro a um mototaxista atingido a tiros no Moto-táxi Original. 
O Samu está no local e confirmou a morte da vítima. O mototaxista foi identificado como JOSNILDO CAIANA, apelidado de JOJOCA.

Ainda sem pistas do assassino, PM inicia diligências para prender suspeito de matar mototaxista

JAIR SAMPAIO
A Polícia Militar, por meio do oficial de operações e homens de Rádio Patrulha, ainda não tem pistas que levem ao assassino do moto-taxista JOSENILDO CAIANA, conhecido como JOJOCA, que é irmão de um Cabo da Polícia Militar do Rio Grande do Norte.
De acordo com testemunhas, o suspeito de matar Josenildo estava sozinho e fugiu numa Bros na cor vermelha. O crime ocorreu na Rua Celso Dantas, centro de Caicó, a vítima estava dentro da empresa de moto-táxi quando recebeu os tiros. O SAMU ainda tentou reanimá-la.
A Polícia Militar já iniciou as diligências baseada em informações que foram colhidas no local do crime.

terça-feira, 27 de dezembro de 2016

Caminhão carregado de palma vira na Serra de São Miguel e deixa oito trabalhadores feridos

MOSSORÓ HOJE
Um caminhão carregado com palma tombou na tarde desta terça-feira, 27, e deixou 8 pessoas feridas na Serra de São Miguel, precisamente entre o município de Encanto e o trevo de acesso a cidade Doutor Severiano. A informação foi confirmada pelo Sargento Sampaio, da Polícia Militar de Pau dos Ferros. Segundo Sargento Sampaio, todas as vítimas são trabalhadores que vinham no caminhão. Equipes do Samu e Corpo de Bombeiros foram acionados para o local. Três pessoas estão com ferimentos mais graves e o restante ferimentos leves. Todas as vítimas foram levadas para o Hospital Regional de Pau dos Ferros.